Circular Contribuição da Cota de Custeio Negocial de Natureza Jurídica Ressarcitória


CIRCULAR CONTRIBUIÇÃO DA cota de custeio negocial de natureza jurídica ressarcitória 2020/2021

 

CASA DE OBRAS - (INDÚSTRIAS GRÁFICAS)

 

Prezados Senhores,

 

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Gráficas, Comunicação e Serviços Gráficos de São Paulo e Região, vem respeitosamente à presença de V. Sas. Comunicar que conforme termos da ata da Assembléia Geral de Trabalhadores realizada no dia 27/10/2020, foi discutida e aprovada a Pauta de Reivindicações da categoria para período de 2020/2020, bem como a cota de custeio negocial de natureza jurídica ressarcitória. As referidas Cotas deverão ser descontadas dos salários de todos os seus empregados, beneficiados pela presente convenção coletiva de trabalho da seguinte forma:

           

Mês de Referência

Percentual de Desconto

Data de Vencimento

NOVEMBRO/2020

R$ 10,00 (dez reais)

07/12/2020

DEZEMBRO/2020

R$ 10,00 (dez reais)

07/01/2021

JANEIRO/2021

R$ 10,00 (dez reais)

07/02/2021

FEVEREIRO/2021

R$ 10,00 (dez reais)

07/03/2021

MARÇO/2021

R$ 10,00 (dez reais)

07/04/2021

ABRIL/2021

R$ 10,00 (dez reais)

07/05/2021

MAIO/2021

R$ 10,00 (dez reais)

07/06/2021

JUNHO/2021

R$ 10,00 (dez reais)

07/07/2021

JULHO/2021

R$ 10,00 (dez reais)

07/08/2021

AGOSTO/2021

R$ 10,00 (dez reais)

07/09/2021

 

Solicitamos igualmente que sejam observados os prazos dos recolhimentos previstos na Convenção Coletiva de Trabalho, bem como o envio de Relação de Empregados, suas respectivas funções e o montante arrecadado de cada empregado.

 

Informamos ainda que, por deliberação da mesma Assembleia, os associados ativos desta entidade, ficarão ISENTOS do pagamento da cota de custeio negocial de natureza jurídica ressarcitória enquanto permanecerem no quadro social desta entidade. Caso contrário o desconto será devido.

Em virtude da Nova Plataforma de Cobrança imposta pela Febraban, todos os       

 

Boletos devem ser registrados.
          

Salientamos que, conforme previsto nas Circulares 3.461/2009, 3.598/2012 e 3.656/2013 do Banco Central do Brasil, e observadas às datas acima, a rede bancária não mais aceitará boletos de pagamento com valor nulo ou zerado, sem data de

 

vencimento e CPF/CNPJ do pagador.


           Entre na contribuição desejada e informe o valor correto para emitir o boleto, acesse o site: www.stig.org.br.